Brinquedos Educativos ajudam a desenvolver a linguagem!

Compartilhe Share on Facebook23Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someonePrint this page

A importância do brincar e dos brinquedos educativos na vida da criança para que o desenvolvimento dela seja pleno e saudável tem se tornado cada vez mais incontestável. Estudiosos de educação, psicologia, pedagogia e profissionais da área da saúde são unânimes em reconhecer os benefícios.

No entanto, brincar não é favorável apenas para o desenvolvimento físico, emocional e psicológico da criança, mas também para a criação de um repertório linguístico que fará diferença no futuro; desde que sejam trabalhados os estímulos corretos com os pequenos. É isso, pelo menos, o que aponta o estudo divulgado pela Northern Arizona University.

Segundo a pesquisa Association of the Type of Toy Used During Play With the Quantity and Quality of Parent-Infant Communication  (Associação do tipo de brinquedo usado durante a brincadeira com a quantidade e qualidade da comunicação entre pais e filhos, em tradução livre) publicada pela revista JAMA Pediatrics, enquanto brinquedos que emitem luzes, sons, músicas e outros recursos tecnológicos retardam a evolução e desenvolvimento da fala nas crianças pequenas, os brinquedos mais tradicionais (como quebra-cabeças, blocos de montar, fazendinhas e livros) tendem a melhorar a qualidade da comunicação.

Para chegar a tal conclusão, o experimento reuniu 26 voluntários, entre pais e crianças, que tinham idade entre 10 e 16 meses. Os participantes foram então observados enquanto interagiam com três tipos diferentes de recursos: os eletrônicos; os brinquedos tradicionais e os livros.

O trabalho mostrou que enquanto estavam fazendo uso dos eletrônicos tanto pais quanto crianças se expressaram menos no geral, uma vez que emitiram menos palavras, conversaram menos e falaram menos sobre a interação específica que ocorria naquele momento. Isso equivale a dizer, segundo o estudo, que para favorecer o desenvolvimento verbal dos pequenos, atividades com brinquedos tradicionais deveriam ser escolhidas com mais frequência, enquanto os eletrônicos deveriam ser desencorajados nessa fase.

A seguir, saiba mais sobre como estimular as crianças com brinquedos tradicionais e alguns outros truques para melhorar a vocalização e ampliar o vocabulário dos pequenos.

Brinquedos Educativos: É de pequeno que se aprende

Durante as brincadeiras é comum que se recorra a uma figura de linguagem de nome estranho, mas de uso bastante constante: a onomatopeia. A cada au-au; tique-taque ou vrummm dito durante uma contação de história ou uma brincadeira com uma criança é esse recurso que está sendo utilizado. Além de tornarem a conversa ou o brincar mais divertido, as onomatopeias ajudam também as crianças a desenvolverem o vocabulário, uma vez que é mais fácil reproduzir esses sons mais simples do que pronunciar palavras completas, inicialmente. Por essa razão, é muito importante que durante a brincadeira esses sons sejam apresentados corretamente, se a ideia for ajudar a enriquecer a capacidade linguística da criança. Assim, ao brincar de fazendinha, por exemplo, o adulto não deve dizer essa é a mééé, se estiver com uma ovelha nas mãos. O ideal é que seja dito que aquela é a ovelha, e que ela faz mééé. O mesmo vale para o cachorro, que faz au- au, mas não deve ser apresentado como au-au e assim por diante.

Ajude as crianças a criarem relações linguísticas

Este pode parecer um trabalho complicado, mas ao incentivar uma criança a brincar com carros, aviões, trens, caminhões e barcos, por exemplo, você pode ir explicando a ela que todos aqueles elementos são também meios de transporte. O mesmo pode ser feito quando a brincadeira ocorre com animais, sejam eles cachorros, girafas, ursos de pelúcia. O ideal é explicar para a criança que apesar de diferentes entre si, eles são todos animais. Tornar isso um hábito durante a brincadeira ajudará a enriquecer o repertório das crianças.

Alterne a vez

Aquela simples brincadeira de casinha ou de bonecos é excelente para incentivar os pequenos a se expressarem, ainda que os menores saibam apenas balbuciar. Se um adulto começa a conversar ou simular uma brincadeira de bonecas em que há um diálogo, por exemplo, fica fácil estimular os pequenos a responderem quando for a vez deles de mostrarem ação na brincadeira. Ainda que eles não saibam as palavras, as primeiras expressões podem ser evidenciadas por atitudes ou gestos que indiquem que a criança está ali, presente e interativa naquele momento.

Dica |A linguagem se desenvolve no dia a dia

É cada vez mais comum o número de pais, sobretudo de mães, que dedicam tempo a conversarem com as crianças desde que elas estão na barriga. E, de fato, esse é um estímulo muito importante para o desenvolvimento da linguagem. Se a cada ação os pais explicarem para a criança o que estão fazendo, como pegando a chaves do carro; cozinhando a comida que será servida; vestindo a camiseta nos bracinhos e assim por diante, a criança passará a absorver todas aquelas informações e o aprendizado será mais natural. O mesmo ocorre com os brinquedos. Eles podem servir para ajudar as crianças a conhecerem as palavras, as cores, as quantidades ou até mesmo reconhecerem sons de animais, instrumentos musicais ou frutas e alimentos. O importante nessa fase é ficar atento ao modo como os objetos são apresentados aos pequenos.

Gostou?  Compartilhe e deixe sua mensagem…

Conheça alguns brinquedos educativos no site da Lamalle Magique.

Compartilhe Share on Facebook23Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someonePrint this page

One thought on “Brinquedos Educativos ajudam a desenvolver a linguagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *