FESTA JUNINA – O RESGATE DA CULTURA POPULAR PARA AS NOSSAS CRIANÇAS

Compartilhe Share on Facebook3Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someonePrint this page

Olha a chuva!!!! É mentira!!!!

É só começar o período das Festas Juninas que as crianças ficam cheias de expectativas para dançar quadrilha, experimentar os quitutes e se divertirem muito com as brincadeiras clássicas que atravessam gerações, seja nas tradicionais festas de rua, quermesses de escola e igrejas, muito comuns na região Sudeste do país, ou em eventos megaelaborados e cheios de significados culturais e folclóricos, do Nordeste e Norte do país, onde as festas são tão, ou mais importantes, que o próprio Carnaval.

Além da oportunidade de reunir toda a família, as Festas Juninas podem ter um papel muito maior do que a diversão e entretenimento das crianças. Explicar sobre a origem, o seu significado, a simbologia de cada item da festa, como a fogueira de São João e a quadrilha, por exemplo, exerce um papel lúdico e importante, pois os pequenos passam a entender e a interagir de forma diferente quando conhecem como surgiu a comemoração.

Os pais ainda podem envolver a criançada na organização da quermesse, que podem cortar e colar as bandeirinhas, arrecadar as prendas para as tradicionais brincadeiras, distribuir os convites para os amigos, entre outras atividades de interação que tem um papel importante no desenvolvimento cognitivo dos pequenos, fazem com que se sintam importantes e orgulhosos.

Organizada a festa, agora é hora da diversão, as tradicionais brincadeiras, como Pescaria, Jogo de Argolas, Boca do Palhaço, Corrida do Saco e Acerte a Lata são as que mais atraem a atenção da criançada e também dos adultos. São jogos educativos que despertam na criança o desafio, estimulam a coordenação motora e o raciocínio lógico, atividades totalmente lúdicas que só trazem benefícios.

E elas não precisam ser exclusivas das Festas Juninas, podem ser incorporadas no dia a dia dos pequenos, usando a criatividade para criar seus próprios brinquedos e propondo desafios cada vez mais instigantes.

 História das Festas Juninas

As festas juninas são muito antigas, antes mesmo de estarem relacionadas com uma comemoração da Igreja Católica. Era considerada uma festa pagã, ainda no período pré-gregoriano, onde era relacionada com à fertilidade da terra, um agradecimento às boas colheitas.

Somente na época da Idade Média que a Festa Junina passa a fazer parte das comemorações da Igreja, uma homenagem a três santos: São João (24 de junho), Santo Antônio (13 de junho) e São Pedro (29 de junho).

No Brasil, as festas se tornaram populares e com características distintas. Na Região Norte e Nordeste, por exemplo, os eventos ganharam muito glamour e atrai turistas do mundo inteiro. A tradição nordestina é em agradecimento a São João e São Pedro, principalmente pelas chuvas nas regiões mais áridas. As festas geralmente acontecem em espaços abertos, com muita música, forró, casamento caipira e brincadeiras típicas, como o bingo, por exemplo.

Já nas demais regiões do país, as Festas Juninas são mais conhecidas como Quermesses, geralmente feitas nas escolas e também nas igrejas, com a venda de comidas e bebidas típicas e ingressos para as brincadeiras.

brinquedos_educativos_festa_junina

Usar bonecos ou fantoches na hora de contar histórias para os pequenos é mais divertido e ajuda na compreensão!

 Curiosidades sobre as Festas Juninas

Uma forma de aguçar ainda mais o interesse das crianças pela origem das Festas Juninas é contar algumas curiosidades e crenças sobre as datas, entre elas:

  • As fogueiras de São João são acesas não apenas no Brasil, mas em muitos países da Europa, os mais velhos acreditam tanto no poder do fogo de São João que dizem que mesmo com a chuva ele não se apaga;
  • O casamento caipira é uma homenagem divertida ao Santo Antônio, conhecido como Santo Casamenteiro, as mulheres solteiras e que desejam se casar faz várias preces e simpatias para encontrar o homem da sua vida;
  • As bandeirinhas coloridas representam os três santos da Festa Junina: Santo Antônio, São Pedro e São João;
  • As comidas típicas também têm seu significado, é para agradecer pela fartura à mesa e que elas nunca venham a faltar.

 Agora que você já sabe tudo sobre as Festas Juninas, entre no clima com as crianças, vista seu melhor traje caipira e participe da festa com os pequenos. São momentos como este que ficam na lembrança de nossos filhos por toda a vida.

Conheça alguns brinquedos educativos da La Malle Magique que podem ajudar para recriar algumas brincadeiras juninas em casa, clique aqui.

Compartilhe Share on Facebook3Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someonePrint this page

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *