Ter um brinquedo para chamar de seu!

Compartilhe Share on Facebook2Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someonePrint this page

Brincar deve ser a atividade principal de todo indivíduo quando criança. Por essa razão, não raro, os adultos que estão ao redor desse pequeno estimulam essa vivência apresentando brinquedos e objetos que possam enriquecer esses momentos de descontração e aprendizagem. E, dependendo da relação que a criança cria com determinado brinquedo, é bastante comum observá-la carregando o objeto em questão para todos os lugares.

Para os especialistas, quando ocorre esse apego maior por certo brinquedo ou objeto (como cobertores, por exemplo) ele passa a ser chamado de “transacional”. E, embora pareça preocupante, a atitude dos pequenos em elegerem um ursinho de pelúcia, uma boneca ou qualquer outro brinquedo pelo qual demonstram maior afeto é absolutamente saudável, como indica um estudo publicado pela US National Library of Medicine National Institutes of Health intitulado de The Presence of security blankets or mother (or both) affects distress during pediatric examinations (A presença de cobertores de segurança ou mães (ou ambos) afeta o estresse durante consultas pediátricas).

E, embora o título relacione o uso de cobertores como objetos de afeto, o estudo mostra que o mesmo é válido para brinquedos como ursos, bonecos ou qualquer outro, desde que eles tenham um valor emocional maior para a criança. Em geral, o vínculo criado com esses objetos é estimulado pelos próprios pais, que os colocam ao lado dos filhos no momento de dormir ou quando se despedem para irem ao trabalho. Assim, a criança passa a transferir a sensação de segurança que teria com os pais para aquele brinquedo ou objeto na ausência deles.

Diante disso, os pesquisadores reuniram alguns grupos de crianças de três anos de idade e suas respectivas mães. Durante os exames, crianças de diferentes grupos tiveram a pressão arterial aferida e a frequência cardíaca monitorada. O estudo revelou que quando as crianças eram submetidas aos procedimentos sem a presença das mães, mas acompanhadas de seus brinquedos favoritos, o nível de estresse era tão controlado quando as mães estavam presentes, mas os objetos eram retirados.

Isso significa dizer que uma criança que cresce com um brinquedo favorito ou objeto de conforto se sente mais confiante em situações em que os pais não podem estar presentes e que o esforço de adultos em incentivar que crianças tenham um brinquedo pelo qual sintam mais afeto é mesmo válido.

A seguir, veja alguns brinquedos que podem se tornar ainda mais especiais para as crianças.

Bonecos e pelúcias

Nada de eletrônicos ou brinquedos cheios de luzes e barulhos. Desde que éramos crianças os ouvintes mais atentos das nossas aflições infantis sempre foram as bonecas, bonecos e bichinhos de pelúcias. Somente a eles é que é possível abraçar, acariciar e até colocar umas gotinhas do perfume da mamãe ou do papai para ajudar a matar a saudade quando eles não estão por perto.

Brinquedos customizáveis

Kits de pintura, castelos em papelão, bonecos em madeira para lançar argolas. Todos esses materiais podem ganhar uma atenção especial das crianças, principalmente das maiores, se bem trabalhados. A ideia é que a criança faça de seu brinquedo algo único e especial, com desenhos e pinturas que mostrem a sua personalidade e que tornarão o seu objeto algo que somente ela terá. Se o trabalho é feito em conjunto com os pais ganha um caráter ainda mais especial. Afinal, quem não se lembra com saudade daquele carrão de madeira que o papai pintou exclusivamente? E daquela casinha de bonecas decorada com carinho com a ajuda da mamãe?

Dica | Brinquedos de grande valor afetivo só podem ser escolhidos pela criança

Os pais podem até mostrar ou oferecer algum objeto, mas a escolha é pessoal e, algumas vezes, é feita quando a criança ainda é bebê. Ainda assim, vale incentivar que os pequenos tenham um boneco, brinquedo ou cobertor com maior valor sentimental uma vez que eles se tornam um bom recurso para reduzir a ansiedade quando os pais estão longe.

Você pode encontrar alguns brinquedos que se encaixam nessas características na loja da La Malle Magique.

Compartilhe Share on Facebook2Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someonePrint this page

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *